Relato da gravidez: 26 semanas

Essa semana não trouxe novidades em sintomas. O cansaço tem aumentado de verdade – e graças a Deus pelo trabalho em home office. Não aguento mais sair na hora do almoço e voltar pra casa lá pelas onze da noite, e por isso temos evitado marcar dois compromissos no mesmo dia. Se eu abuso, pode apostar: o ciático vai dar sinal de vida, a lombar vai parecer em frangalhos, a barriga (que já não é tão pequena, mas ainda tem muito pra crescer) parece triplicar de peso… O negócio é seguir a recomendação médica e descansar sempre que possível! Acho que a falta da yoga tem contribuído pra isso também – essa semana a instrutora está viajando, e fazer em casa não é a mesma coisa.

Além do cansaço, parece que o emocional deu uma baqueada. No feriado, “baixei a guarda” sobre parto e afins e, quando questionada por uma pessoa da família, falei que gostaria de um parto natural. Se arrependimento matasse… Ouvi todo tipo de histórias escabrosas e comentários grosseiros. Desde circular de cordão assassina, não ter dilatação e afins (até que normais de se ouvir) até comentários sobre “só deixo minha mulher parir se ela garantir que não vai estragar meu playground”, “você não pode obrigar seu marido a assistir o parto, porque fulana fez isso e o marido ficou traumatizado e o casamento acabou”. Eu me fechei. Parei de participar da conversa – mas não era uma situação em que eu podia levantar e ir embora. Maridão claro que percebeu – mas é aquilo: na cabeça dele, as pessoas não tem nada a ver com isso e portanto os comentários não interessam.

Mas me machucou, sabe? Me feriu porque eu senti na pele o quão mal alguns comentários podem fazer. A sociedade tem uma necessidade de desestimular algo tão natural, simples e bonito, e de objetificar tudo. Desculpa aí, mozão, mas eu não sou playground de ninguém (claro que quem falou essa asneira não foi meu marido, né, gente, se ele falasse esse tipo de coisa nunca teria me apaixonado por ele). As pessoas ficam horrorizadas ao imaginar um parto normal que, olha só, foi Deus quem criou. Se sente mais confortável com uma cirurgia? Legal pra você. Que bom que a medicina evoluiu e hoje oferece essa possibilidade – seja para salvar vidas ou para tranquilizar quem tem receios do parto normal. Mas, por favor, não tente minar a confiança de quem escolheu um caminho diferente. Não tente dizer que “a mulher moderna não dá conta de parir”. Não ridicularize a amiga que tem uma veia meio índia e quer trazer seu bebê ao mundo. Não concorda? Fique na suinha.

eduardo

Bom, resumindo a história? Aprendi que não posso baixar a guarda e falar do meu parto em certos círculos. Nunca. E nesse meio tempo em que meu coraçãozinho tomou uns tapas, recebi amor de pessoas desconhecidas. Li relatos de parto que realmente acalentaram minha alma, me ajudaram a chorar e botar pra fora toda a angústia. Me fizeram lembrar do quão acertada foi a escolha do meu GO. Me deram a certeza de que o pai da Helena é e será o melhor acompanhante que eu poderia ter.

Essa semana também começamos a conhecer algumas maternidades aqui de Curitiba. Fomos no Senhora de Fátima, e no final do mês vamos no Graças e na Curitiba. Farei relato de cada visita em um post separado com as minhas impressões 😉

Ah, e atualização do status do quarto: pintamos! Ficou lindo (e apesar de cansativo, foi mais fácil do que eu e marido imaginávamos). O berço – herdado de uma prima muito querida – também chegou, e já está lá montadinho, junto com a poltrona de amamentação. Fechamos o projeto do armário, e a previsão é de que até o final do mês ele esteja instalado. Aí na sequência vem rodapé, cômoda e lavar roupinhas-organizar tudo. Ah, também tem uns detalhes que estamos agilizando – e prometo mostrar pra vocês quando estiver tudo prontinho, nem que seja lá pelas 38 semanas, hihi!

Advertisements

2 thoughts on “Relato da gravidez: 26 semanas

  1. Adoro ler seus relatos!!! Estamos praticamente no mesmo período da gestação, estou completando 25+5 hoje!!! Nossos pacotinhos virão em datas bem próximas! Beijos

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s