Relato de gravidez: 30 semanas

Ain, 12 semanas até o final da gestação (e pode acabar antes, né?)! Melhor nem pensar muito nessa história de contagem regressiva, senão a ansiedade toda conta de mim de uma vez por todas.

Na última semana o cansaço pegou – os últimos dias, então, foram de um sono sem fim. Durante o dia, porque a noite custo a dormir (e de vez em quando não consigo pegar no sono depois de levantar pra uma daquelas idas espertas ao banheiro). Falando em banheiro, a bexiga tem dado sinais de vida bem constantes! Não dá pra deixar passar um banheiro. Haja água!

As fisgadas no baixo ventre que comentei semana passada ainda estão por aqui, mas já me acostumei. Tenho sentido também umas contrações de treinamento, mas nada incômodo demais. Zero flexibilidade, zero resistência, banquinho de plástico virou melhor amigo durante o banho: consigo sentar debaixo d’água, relaxar lindamente e até me secar com mais facilidade. Chama o guincho, gente!

Ontem tivemos US. Helena está cefálica (o/), com o dorso para a minha esquerda (o/), se movimentando bastante – mas segundo o médico que fez o exame, é difícil ela virar e ficar pélvica ou transversa. Todas comemora o/ o/ o/ Ela tem mexido incrivelmente, até interage com a gente (se está afim, né?). Acho incrível que consigo identificar um pézinho me dando bom dia, um bumbum empurrando a minha lateral. Tanto, tanto, tanto amor! Quero que essas próximas semanas demorem a passar, quero que ela não nasça nunca, mas também quero vê-la e morder aquele narizinho lindo logo ❤

O quarto está tomando forma, amém! Armário tem ventilado bastante desde a semana passada, amanhã quero terminar de comprar algumas coisas do enxoval, e espero na próxima semana já começar a lavar as roupinhas e lençóis e etc. Tá chegando, né? Vai que a moça resolve ser das apressadas? não pensa, não surta, respira, relaxa.

Daqui a alguns dias teremos um churrasco pra comemorar a chegada da pequena. Acabou que a lista de convidados ficou maior do que a gente esperava, mas só gente linda pra dar amor pra nossa Helena. Topei o churrasco meio a contragosto (não queria chá, não queria nada – tou bem bicho do mato na gravidez), mais por pressão do marido, mas estou curtindo os preparativos! Vai ser bem simples, vou só montar uma mesa de doces e bolo bonitinha com a ajuda de uma super amiga… Tenho inventado umas modas aqui, prometo que trago fotos depois (nem que seja só da decoração mesmo).

Emocionalmente, o bicho tem pegado. Esses dias entrei numa crise de não sou boa o suficiente, como vamos ser responsáveis por criar e educar um ser humano, essas coisas. Mas Papai do Céu capacita, nisso eu tenho fé! Sei que não serei uma mãe perfeita, sei que não seremos os melhores pais do mundo – mas seremos o nosso melhor. Com nossas falhas, com nossos acertos, mas acima de tudo com muito amor. E o que me resta é pedir para que o Espírito Santo nos guie nessa obra, né? Porque a Helena é o maior presente que poderíamos receber de Deus.

E vamos que vamos o/

Advertisements

2 thoughts on “Relato de gravidez: 30 semanas

  1. Nossa, passa rapidinho, logo mais Helena estará em seus braços e tudo será quase perfeito, a maneira de Deus e vocês com certeza curtiram muito. Beijão!

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s