1

Relato de gravidez: 37 semanas

Olha só eu “perdendo o prazo” de escrever o relato da semana! E olha que tivemos ~emoções. Vamos lá?

Depois do ultrassom na semana passada, ficou mais difícil lidar com a ansiedade. Resultado? Emoções à flor da pele. Choro, nervosismo, impaciência, tudo junto e ao mesmo tempo. Ê lele.

No final de semana, fizemos nosso ensaio fotográfico. Vi duas imagens só, e estão incríveis! Queria muito registrar a barriga, nossa família, o quartinho da Helena… Agora é esperar o fotógrafo editar e mandar o material pra gente 😉 O mais engraçado foi que, depois que terminamos as fotos (e eu fui dar uma cochilada), marido me perguntou se eu estava feliz e se Helena já podia nascer. Eu respondi que sim, e na segunda senti contração de treinamento (inegável, dessa vez) e colicazinhas bem leves. As cólicas se repetiram na terça e ontem – mas não dói, parecem aquelas cólicas bem suaves que avisavam que teríamos menstruação em breve, rs.

Ontem, na consulta de pré-natal (que agora passa a ser semanal!), fizemos um toque. O colo tá bem molinho, mas nada de dilatação. Não quer dizer nada – o que vai determinar o TP, segundo o próprio Dr Cecílio, são contrações ritmadas e intensas. Agora é aquilo de esperar a Pacotinho querer nascer, né? Na hora dela, no tempo dela.

As conversas com o médico e com a doula (semana passada tivemos o primeiro encontro oficial, rs) me acalmam. Me tranquilizam. Me ajudam a controlar a ansiedade, entender que agora todo dia pode ser o dia – porém continuamos trabalhando com metade/final de setembro. Se ela vier antes, é porque é o momento dela. Se não, também.

Ah, os desconfortos tem se mantido. Hoje, inclusive, peguei ~folga no trabalho e tou aqui de olho nos e-mails, direto do sofá. Meu cóccix dói, parece que levei uma surra hahaha e que meu quadril está abrindo. Opa, e não é que está mesmo? Graças a Deus pela minha carreira, por trabalhar de casa, por ter essa oportunidade de diminuir o ritmo quando sinto necessidade. Não quero parar 100% o trabalho já, mas uma folguinha faz bem de vez em quando.

A última “crise” aqui foi descobrir que comprei bodies lindos tamanho RN pro enxoval, porém que uns branquinhos seriam mais fáceis de combinar. A sensibilidade me fez cair num choro de “minha filha vai ficar feiaaaaaaaa porque nada combinaaaaaa” mesmo sabendo que era exagero, haha! Devo comprar então mais uns dois ou três bodies só pra combinar com as outras roupinhas, e pronto. Mãe louca, viu?! Coitada dessa menina.

E vocês, como estão?

Advertisements